top of page

RX da Gestão dos Saldos: Decolando com Eficiência Financeira



Realizamos recentemente um levantamento para mapear as operadoras de créditos de vale-transporte que fornecem informações sobre cargas pendentes e saldos. Os resultados são reveladores e merecem atenção.


O Cenário Atual


  1. Quantidade de Operadoras: Identificamos cerca de 460 operadoras no universo do vale-transporte.

  2. Informações Disponibilizadas:

  • Saldos: Apenas 19% das operadoras oferecem informações detalhadas sobre os saldos nos cartões dos colaboradores.

  • Cargas Pendentes: Apenas 13% das operadoras compartilham dados sobre valores ainda não creditados nos cartões dos funcionários. Esses valores aguardam transferência dos servidores das operadoras para os cartões.

  1. Visão Ampliada e Resultados:

  • As operadoras que permitem acesso aos saldos proporcionam uma visão mais abrangente do acúmulo de valores.

  • Essa visão ampliada resulta em maiores benefícios para as empresas.



Recomendações Estratégicas


Com base nos números acima, recomendamos enfaticamente a ROTEIRIZAÇÃO DE ITINERÁRIOS como solução para corrigir problemas de créditos indevidos. Por quê?


  1. Visibilidade Limitada: Empresas conseguem visualizar saldos de apenas 19% das operadoras e cargas pendentes de 13% delas.

  2. 68% das Operadoras Restantes: Infelizmente, essas operadoras não disponibilizam informações de saldos. Assim, a existência ou não de acúmulo de valores passa despercebida.

  3. A ROTEIRIZAÇÃO DE ITINERÁRIO alcança 100% das operadoras e ajusta o principal motivo de acumulo de saldos que é a solicitação indevida.

Em resumo, otimizar os custos do vale-transporte é como preparar uma pista de decolagem para um avião: quanto mais espaço disponível, mais eficiente será o voo. Portanto, decole com eficiência financeira e mantenha seus olhos no horizonte!

 

32 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page